Dicas para comprar seu primeiro soldador

Dicas para comprar seu primeiro soldador

Aspectos que você deve considerar antes de comprar seu primeiro soldador

Com uma ampla variedade de processos de soldagem à sua escolha, comprar seu primeiro soldador pode ser confuso. Nenhum processo de soldagem único pode atender à exigência de todas as aplicações. Para fazer a melhor compra, existem alguns fatores que você precisa considerar. Neste artigo, abordaremos algumas dicas valiosas para comprar seu primeiro soldador.

Noções básicas

Para determinar qual processo de soldagem é o melhor para suas necessidades e aplicações, é fundamental considerar os fatores abaixo:

  • Suas habilidades de soldagem
  • Tipos de processos de soldagem disponíveis
  • Vantagens de cada processo de soldagem

Processos de soldagem

Existem várias técnicas de soldagem, mas os processos de soldagem mais comuns são MIG, TIG e bastão. Cada técnica tem seu próprio conjunto de recursos. Não existe um processo único adequado para todas as aplicações.

Soldagem MIG (Metal Inert Gas, Gás inerte de metal) ou GMAW (Gas Metal Arc Welding, Soldagem a arco de metal a gás)

Nesta técnica, um eletrodo consumível (arame contínuo) é aquecido a partir de uma pistola de soldagem e alimentado continuamente na poça de solda. Um arco é criado pela corrente de soldagem fornecida entre o eletrodo e o metal base. Esse arco derrete o eletrodo e o metal base para formar uma junta forte. Durante o processo de soldagem, a pistola também alimenta um gás de proteção ao longo do eletrodo para proteger a poça de solda de contaminantes suspensos pelo ar. A soldagem MIG é simples, limpa e versátil, tornando-se uma das técnicas mais utilizadas. O processo é adequado para soldagem de metais finos e espessos.

Assim como a MIG, a FCAW (Flux-Cored Arc Welding, Soldagem a arco tubular fluxado) também é um processo de alimentação de arame. No entanto, a FCAW autoblindada não requer gás de proteção. Aqui, o arame fluxado protege o arco de contaminantes suspensos no ar. A simplicidade, a eficácia, a portabilidade e a alta velocidade de soldagem tornam a FCAW adequada para soldagem em construção, ao ar livre e em condições de vento.

Tanto a soldagem MIG quanto a soldagem fluxada são fáceis de aprender e capazes de criar soldas extremamente limpas em alumínio e aço. Elas podem soldar materiais até a bitola 26.

Soldagem a eletrodo ou SMAW (Shielded Metal Arc Welding, Soldagem a arco de metal blindado)

Na soldagem a eletrodo, um arco se forma no ponto de contato entre o eletrodo e a peça de trabalho. A soldagem a eletrodo é usada para soldar a maioria das ligas. O processo pode ser usado em ambientes fechados, abertos e em áreas com correntes de ar. Trata-se do método mais econômico e também pode soldar metais enferrujados. No entanto, esse método de soldagem não é adequado para metais mais finos que bitola 18, precisa de troca frequente da haste, produz mais respingos e requer limpeza das soldas acabadas. Além disso, a soldagem a eletrodo é difícil de dominar. O processo é usado para soldar metais mais espessos de 1/16 polegada ou mais.

Soldagem TIG (Tungsten Inert Gas, Gás inerte de tungstênio) ou GTAW (Gas Tungsten Arc Welding, Soldagem a arco de tungstênio a gás)

Nessa técnica, um eletrodo de tungstênio não consumível é usado para fazer uma junta de solda. Um arco é criado pela corrente de soldagem fornecida entre o eletrodo e o metal base. Na soldagem TIG, o eletrodo não é consumível e não derrete. O material de adição, se necessário, será alimentado externamente. A poça de solda é protegida de contaminantes atmosféricos por um gás de proteção, embora algumas soldas possam não exigi-lo.

A soldagem TIG é mais complexa e mais lenta do que outras técnicas. No entanto, o processo permite que o operador tenha maior controle sobre a solda. O resultado é uma solda forte e de alta qualidade. A soldagem TIG pode ser usada para soldar seções finas de aço inoxidável, liga de aço e metais não ferrosos, como magnésio, alumínio e ligas de cobre.

Fatores a serem considerados antes de comprar um soldador

Entre alguns dos fatores que você precisa considerar antes de comprar um soldador estão – suas aplicações de soldagem, orçamento, tipo e espessura do material de soldagem, facilidade de uso do soldador etc.

O diagrama abaixo resume cada processo de soldagem. Considere os fatores abaixo que melhor combinam com seus projetos de soldagem.

Outro fator crítico a ser considerado é a exigência de energia. Quanta energia o soldador exige para operação? As exigências de energia podem ser encontradas na página de descrição do produto para um soldador.

Considerações de orçamento

O tipo de soldador que você compra precisa ser adequado para as funções específicas das quais você precisa e os projetos nos quais normalmente trabalha, mas também deve caber no seu orçamento. Quais são os fatores que você deve ter em mente ao determinar seu orçamento? Considere a utilidade futura do soldador. Você precisa de um soldador com mais energia, excelente controle de calor ou facilidade de portabilidade? Você tem interesse em usar ou aprender processos de soldagem adicionais?

Tomar nota de outros fatores, como exigências de energia, ciclo de trabalho e amperagem, fornece resultados operacionais econômicos e eficazes para seus projetos de soldagem. Você também precisa incluir o custo de acessórios e suprimentos, além do custo do soldador. A contabilização de custos futuros de manutenção e reparo oferece uma noção básica de quanto dinheiro você pode precisar gastar com o soldador no futuro. Não se esqueça de contar com todos os equipamentos essenciais de segurança necessários para a soldagem. Entre as exigências de EPI estão capacetes, luvas, roupas antichama e botas.

Defina seus processos, necessidades e projetos antes de decidir qual soldador comprar. Considerar os fatores críticos pode ajudar você a escolher o melhor soldador para seus projetos de soldagem. Você tem alguma dúvida ou esclarecimento? A ESAB pode responder a eventuais dúvidas que você tenha sobre soldagem e ajudar a escolher o soldador certo que é melhor para realizar seus projetos de soldagem.